Excelentes produtos, péssimas estratégias

A RIM (Research In Motion), fabricante dos famosos BlackBerries, está passando por um inferno astral e cada vez mais se aproxima do fechamento de suas portas.

O BlackBerry foi por muito tempo sinônimo de smartphone. Mesmo depois do surgimento do iPhone, o BlackBerry se manteve em alta por causa, principalmente, da segurança na conexão.

Porém, seguindo o mesmo caminho trágico da Nokia, que ficou por anos se garantindo no sucesso do SMS, a RIM achou que o conceito original de smartphone, que permitia que o usuário recebesse os e-mails no celular ao mesmo tempo em que este chegava na sua caixa postal, fosse também imbatível.

E realmente estava tudo bem, até que a Apple resolveu mudar a regra do jogo com o lançamento do iPhone e sua loja de aplicativos. Ler e-mails do celular passou a ser algo corriqueiro e não mais um diferencial dos aparelhos. Aliás, o leitor de e-mails do iPhone é bastante sofrível. Mas quem não gosta pode baixar outras opções pela App Store.

Tanto a Nokia quanto a RIM demoraram muito para entender essa nova dinâmica e hoje estão pagando essa conta. Uma evidência disso é essa matéria aqui embaixo do G1 falando que o jornal The New York Times vai suspender sua versão para BlackBerry. O fato é que ninguém hoje associa o smartphone da RIM a outras atividades que não sejam ler e-mails e consultar agenda (o que, aliás, ele continua fazendo muito bem).

Fonte: G1 – ‘New York Times’ encerra aplicativo para aparelhos BlackBerry – notícias em Tecnologia e Games.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s