Profissionais de mídia impressa

Foto: Rodrigo Schoenacher
Foto: Rodrigo Schoenacher

Não é de hoje que as pessoas vêm afirmando que a mídia impressa está perto do seu fim. Pois conforme o tempo passa eu me convenço do contrário: novos títulos impressos estão sendo lançados, pessoas têm lido mais do que antigamente e muitos jornais (principalmente os locais) vêm operando muito bem a despeito da internet.

É certo que se trata de uma mídia que está passando por um processo de transformação importante, mas não é a primeira vez que a mídia impressa enfrenta tal situação. O surgimento do telégrafo, do rádio e da televisão já foram considerandos algozes da mídia impressa, sem sucesso.

O fato é que muitos profissionais, principalmente gente que acabou de se formar, ou ainda está estudando, estão interessados em trabalhar com mídia impressa. Apesar de todos os desafios que ainda existem, trata-se de um mercado no qual a experiência dos que estão lá há alguns anos parece ser algo importante para a nova geração.

No LinkedIn existe um grupo chamado Profissionais de Mídia Impressa, que vem crescendo de forma importante nos últimos anos. Criado em fevereiro de 2010, esse grupo já conta com mais 1400 profissionais que discutem frequentemente os rumos do mercado onde estão inseridos.

E a velocidade de crescimento do grupo tem aumentando nos últimos meses, atingindo picos de quase 50 solicitações de participação em apenas uma semana. Só de janeiro a junho de 2013 o grupo apresentou um crescimento de quase 30% na quantidade de participantes.

O perfil dos participantes é algo que também chama atenção: 34% do grupo é de profissionais iniciantes e 41% trabalham com ou para jornais. Em relação à localidade, pouco mais de 40% vivem no RJ ou em SP, áreas com maior concentração populacional no Brasil.

Trata-se de um grupo ativo, que raramente passa mais de uma semana sem compartilhar um artigo, um pensamento ou suas opiniões e comentários sobre o mercado de mídia impressa. Recentemente os principais debates têm sido em torno de modernização gerencial nas gráficas, índice de leitura de jornais impressos e o impacto de algumas campanhas na sociedade.

Em resumo, pode ser que o mercado de mídia impressa mude, e certamente irá, mas dificilmente essa mudança decretará seu fim, desde que seja bem realizada e gerenciada.

Um comentário sobre “Profissionais de mídia impressa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s